#HackLabViz

Entre os dias 13 e 17 de maio, os pesquisadores do Laboratório de estudos em Internet e Cultura (Labic) da Universidade Federal do Espírito Santo, do MediaLab.UFRJ e do Cibercult da Universidade Federal do Rio de Janeiro estarão reunidos em Vitória no #HackLabViz, um encontro para compartilhar conhecimentos teóricos e aplicados referentes à ciência, tecnologia, novas mídias e arte digital.

O evento também tem como propósito encontrar soluções conjuntas e prototipar softwares direcionados às demandas de mineração e visualização de dados de redes sociais levantadas pelos grupos de pesquisa. Serão cinco dias de trocas em programação, datamining, bancos de dados, APIs e análise de redes sociais.

As dinâmicas de trabalho incluem cursos, apresentações de pesquisas, plotagens de grafos de redes, painéis de debate, testes e usos de softwares de visualização de dados (de redes sociais e de imagens), processos de prototipagem de um web aplicativo de monitoramento/análise semântica de dados extraídos de bancos de dados da internet e, ainda, oficinas de utilização de softwares que cartografam dados, textos e imagens.

Além do grupo presencial, haverá a participação remota (via skype) de pesquisadores de outros centros de pesquisa pelo mundo. O espanhol Javier Toret, articulador do movimento 15M e um dos principais ciberativistas da Espanha, vai falar de tecnopolítica e apresentar as visualizações de dados das redes do movimento que vem trabalhando no blog Data Analysis 15M. Marcos Toledo Bastos, pesquisador visitante da London School of Economics and Political Science (LSE) e pós-doutorando da Universidade de São Paulo, compartilhará a metodologia de extração de dados do jornal inglês The Guardian.

Além deles, Elias Oliveira (UFES) vai explicar como tratar 1 bilhão de Tweets, André Lemos (UFBA) vai apresentar as práticas de pesquisa e estudos do Lab404, André Panisson (GEPHI/ISI Foundation/Universidade de Torino-ITA) vai mostrar as possibilidades de trabalho no software Gephi e Luciano Frizzera (INKE/TAPOR) introduzirá as possibilidades de uso da ferramenta de análise textual Mandala.

Para conhecer a programação completa, clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s